AR INTER - Blog
Segurança

Como o certificado SSL contribuiu para a segurança dos clientes

Especialmente quando falamos de sites, sabemos o quanto ele é importante para uma manter firme a imagem e o que é a sua empresa/negócio. Além de ser um espaço que reúne informações essenciais, o público terá mais contato com a empresa, poderá adquirir produtos, bens/serviços.

Mas, mesmo antes de ter um layout ou design agradável, com menus e sub menus navegáveis, o site deve oferecer segurança para os clientes, e até mesmo para a própria empresa. Afinal de contas, o mundo digital pode ser um ambiente perigoso, caso você não utilize a tecnologia de forma correta e segura.

O que é o certificado SSL? Do inglês, a sigla SSL equivale a Secure Socket Layer: trata de um “mecanismo de criptografia de dados que busca assegurar informações compartilhadas pela web.Na prática, esse sistema codifica os dados (como pessoais ou financeiros) de forma que embaralhe as informações”.

A proteção ou segurança está presente justamente nesse processo de “embaralhar” os dados, para que pessoas más intencionadas na internet não possam usar informações pessoais e financeiras do cliente ou da empresa para golpes ou fraudes.

Na verdade, o Certificado SSL é “ uma autenticação feita por uma outra empresa a respeito da segurança do seu site [...], que atesta que os dados enviados e recebidos por um site estão trafegando por vias seguras e não há risco de vazamentos ou invasões”.

Quando navegamos na internet, é fácil detectar se o site que você está acessando possui ou não um certificado SSL: primeiro, ao digitar o endereço eletrônico no seu navegador, se ao final do HTTP tiver um S (HTTPS), isso quer dizer que o site é seguro, e, portanto, possui um certificado SSL ativo. Caso permaneça HTTP, o site ainda não optou por essa medida de segurança.

Navegadores como o Google Chrome, mostra um alerta sempre quando você está acessando endereços que não possuem o certificado SSL, no qual, você concorda estar ciente disso e continua a navegar no site. Também é possível perceber o cadeado, um símbolo que é mostrado quando o SSL está presente no site.

Os tipos de Certificado SSL: Com base em artigos consultados, citaremos seis tipos, explicando algumas informações importantes que o diferenciam dos demais. A partir da necessidade da sua empresa é que o órgão responsável pelo desenvolvimento do seu site poderá explicar qual o tipo de certificado SSL será o melhor.

-Domain Validated (DV SSL): é o “menos seguro”, destinado a sites institucionais ou blogs. “Esse certificado é exibido para o usuário na forma apenas do cadeado na barra de endereços. [...] Por se tratar de um certificado de segurança mais leve, ele não possui um processo de autenticação tão exigente, o que torna o processo muito mais ágil”.

-Extended Validation (EV SSL): é o certificado que mostra o cadeado quando navegamos no site, conforme citação acima. Além disso, outros dados como nome do seu negócio/empresa e localidade como país também são exibidas. “Essas informações são fundamentais para conquistar credibilidade de potenciais clientes, especialmente o nome da empresa, que contribui para que não existam suspeitas de fraude [...] É geralmente indicado para quem lida com pagamentos online e armazena dados de clientes”.

-Multi-Domain SSL (MDC): apresenta um“bom custo-benefício” com a possibilidade de“atestar a segurança de até 100 domínios diferentes associados à sua empresa por meio de uma única autenticação e pagamento, agilizando o processo e ajudando no seu orçamento”.

-Organization Validated (OV SSL): destinado a sites que tem a opção de transações eletrônicas, no qual esse certificado proporciona a segurança através de uma“criptografia de dados pessoais dos usuários[...] O OV SSL costuma ser apontado como uma alternativa com melhor custo-benefício, já que traz características capazes de contribuir para a credibilidade do site e minimiza o risco de fraudes sem exigir um alto gasto com isso”.

-Wildcard SSL: Para site com vários subdomínios, “[...] considerando como seguros quaisquer subdomínios que você tiver. Por exemplo, *.suaempresa.com.br engloba tanto o domínio principal quanto algo como subdominio.suaempresa.com.br”.

-Unified Communications (UCC): Também destinado a site com vários domínios. “A exibição desse certificado se limita ao cadeado na barra de endereços, podendo exibir todos os subdomínios autenticados ao visualizar as propriedades dele a partir do navegador de internet. Diferentemente do certificado MDC”.

No final deste artigo, entendemos a utilidade e necessidade de se obter o CERTIFICADO SSL para tornar a navegação do seu site mais segura, impedindo acessos indesejados de criminosos digitais, que ponham em risco o seu negócio ou o seu cliente. Percebemos também que essa medida irá ajudar no SEO do seu site, já que o posicionará como site seguro nas pesquisas realizadas nos navegadores da internet, através da exibição do HTTPS ou o símbolo do cadeado. O cliente ou usuário que acessar o seu site, sentirá mais seguro para realizar compras, fazer transações ou informar dados pessoais, sabendo de que de forma alguma, essas informações irão vazar para as mãos de criminosos digitais. Além disso, resumimos os principais tipos, apresentando suas vantagens e em que tipo de site pode ser utilizado o certificado SSL.

Para mais informações, acesse nosso Facebook e Instagram.  Inscreva-se em nossa newsletter para não perder nenhuma novidade e promoções.

 

FONTES:

AGÊNCIA FARO;HUBIFY

Não perca tempo!

Adquira seu Certificado Digital agora!

Compre ou Renove agora mesmo!
Entre no nosso canal do telegram

Saiba tudo sobre Certificado Digital e dicas de negócios